Instituto Banco de Alimentos do                        Amazonas-IBA

O Instituto Banco de Alimentos do Amazonas-IBA em Manaus já existe há algum tempo, Instituto que tem suas ações sociais basadas no Terceiro Setor em Sociologia, e que veio com a finalidade máxima de fortalecer o combate à fome, o desperdício de Alimentos e a desnutrição alimentar existente em muitos lares da nossa sociedade menos assistida, e para que novos Bancos de Alimentos sejam criados, além de fortalecer os trabalhos Já existentes por meio de muitas Instituições autônomas e outras lideradas por Instituições religiosas. Atualmente o nosso Instituto possui 07 Bancos de Alimentos associados ao central de Manaus e em outros municípios vizinhos que juntos beneficiam muitas Instituições carentes cadastradas em nosso banco de dados, doando Alimentos e outros Bens Comuns do Lar para pessoas efetivamente carentes, como; orfanatos, casas de abrigo, Igrejas, clube de mães, associações de bairros carentes e muitos outros. Vale a pena ressaltar, que as doações por nós distribuídas são vindas da iniciativa firmada com empresas do setor alimentício e de instituições de educação. Até então.

 

Missão

O Instituto Banco de Alimentos do Amazonas busca combater a fome através da conscientização de não desperdiçar alimentos para levar aonde não tem, e assim, estimular o verdadeiro entendimento sobre o trabalho social de nossos Bancos de Alimentos em Manaus e no Estado, levando mais Alimentos, Saúde e Segurança alimentar à pessoas que efetivamente precisam da nossa solidariedade e respeito.

 

Visão

Ser referência nacional e estadual no combate à fome e à desnutrição com o desenvolvimento de mais Bancos de Alimentos, sempre com a excelência da Gestão e metodologia adotada, expandindo a Rede para as localidades mais carentes do nosso Estado e região Amazônica.

 

Valores

Defender o direito das dessas pessoas à alimentação saudável e essencial para se viver, em lugar Primeiro. Devolver para essas pessoas o respeito, a dignidade, bem como o reconhecimento de serem bem vindas. Direto dos quais são merecedoras.

Promover de modo simples e de fácil compreensão, e ao alcance de todos através de material didático, um excelente modelo informação sobre segurança alimentar com a perfeita técnica do preparo. Processos sobre como os alimentos devem ser consumidos de maneira sustentável e saudável por cada um de nós. 

Promover sempre Palestras de cunho educativo Alimentar, com o objetivo de melhorar a autoestima das pessoas, levando Informação, conhecimento e o envolvimento de todos com pura responsabilidade e compromisso para com a sociedade, estimulando ainda melhor o voluntariado entre as pessoas e toda a sociedade.

https://www.jivochat.com/instructins/how-to-install-on-modx?_ga=1.149494782.913678038.14643 



 

Os Bancos de Alimentos no mundo.

  

O conceito de banco de alimentos nasceu em Phoenix, Estados Unidos, em 1967. Um homem chamado John Van Hengel certa vez observara que uma viúva mãe de dez filhos procurava comida nas lixeiras de uma mercearia. Ele então, decidiu ajudá-la a encontrar alimentos e, em seguida, tomou a atitude de falar com pessoas daquele comercio para que dessem-lhe o que comer em vez de jogar os alimentos fora. Assim nasceu o primeiro «banco de alimentos».

Certo dia na França, Irmã Cécile Bigot ouviu falar sobre esta história fascinante, e aos 13 dias de Março de 1984, por intermédio de Francis Lopez, fundador do Banco de Alimentos de Edmonton, no Canadá, e com o desejo de eliminar o crescimento da pobreza  que havia em Paris, ela contatou Bernard Dandrel na Secours Catholique, e com a ajuda de outras instituições de caridade tais como Emmaüs e o Exército da Salvação, B. Dandrel lançou o Banco de Alimentos de Paris, em Julho de 1984.

Logo depois, André Hubert decidiu criar um Banco de Alimentos em Bruxelas. A necessidade de falar a uma só voz para instituições e empresas multinacionais europeias tornou-se então numa questão de urgência, e assim, a FEBA, Federação Europeia dos Bancos Alimentos foi lançada no dia 23 de setembro de 1986. 

Entre 1988 e 1992  FEBA apoiou o desenvolvimento de Bancos de Alimentos na Espanha, Itália, Irlanda, seguido por Portugal, Polônia, Grécia e Luxemburgo, de 1994 a 2001. Desde 2004, a Hungria, a República Checa, a Eslováquia, o Reino Unido, a Lituânia e Sérvia aderiram à rede, passados 2010 e 2011, pela Holanda, Suíça, Estónia e Dinamarca, em 2013, pela Bulgária, Ucrânia e pela Noruega em 2014. Depois disso, os projetos do Food Banks têm sido seguidos pela Albânia, FYROM-Macedónia, Malta e Eslovénia. 

Nossa História

 

Entre os anos 2009 a 2012, por duas vezes quando morou na Europa/Espanha, província de Múrcia, Raimundo Alegre teve o privilégio de fazer parte de um exército de pessoas seletas espalhadas por toda Espanha, e que, com as solidas inciativas da FESBAL-Federación Española de Bancos de Alimentos com sua Sede em Madrid, e a FEBA - Fédération Europeenne des Banques Alimentaires com sua Sede na cidade de Bourg-la-Reine, França que somando esforços de parceiras com empresas de diversos setores alimentícios, em especial o de Armazéns e de Supermercados de marcas mundialmente conhecidas como; Mercadona, El Corte Inglés, Carrefour e muitas outras empresas espanholas e europeias, desenvolvem e vivenciam o nobre trabalho social beneficente direcionado à pessoas menos favorecidas naquela nação. Um trabalho estritamente solidário e voluntário, mas sobre tudo, altamente gratificante pela verdadeira alegria de servir quem realmente de nós precisa.

Ao chegar de volta ao Brasil, percebeu melhor as coisas quanto ao tema da carência alimentar entre os menos favorecidos aqui em Manaus, e que havia uma lacuna onde sua experiencia logo viria a fazer toda diferença.

Decidiu que, para ajudar a combater a fome, a desnutrição e o desperdício de alimentos em Manaus e no Amazonas, precisaria selecionar com ele um grupo de pessoas compenetradas com a realidade enfrentada por uma grande parcela de pessoas menos favorecidas da nossa sociedade. E selecionou com ele pessoas como: empresários, profissionais liberais, políticos, cidadãos da sociedade civil e líderes de instituições cristãs liderados por ele que é empresário do setor turístico, Poliglota, Acadêmico em Energias Renováveis e Mudanças Climáticas, e Relações Internacionais. Reuniram-se e criaram o Conselho de Responsabilidade Social e de Cidadania com a criação do primeiro Banco de Alimentos do Estado do Amazonas.

O Instituto Banco de Alimentos do Amazonas é uma Organização da Sociedade Civil de Interesse Público, que atua como um gerenciador de desperdícios de alimentos administrando três operações principais: coleta, armazenamento e distribuição qualificada e gratuita de alimentos para instituições beneficentes, associações e famílias efetivamente carentes.

Ainda em Março de 2016, com o objetivo de expandirmos as atividades da nossa ONG e levarmos seus benefícios a outras localidades, foi criada a primeira filial do Banco de Alimentos do Amazonas, na cidade de Iranduba-AM. Dada a sua gestão e efetividade, a metodologia difunde-se cada vez mais, e já estamos chegando a 7 municípios do Estado, além da criação de 07 Núcleos do Banco de Alimentos. Seguidos os trabalhos com a participação de todos os amigos voluntários comprometidos com o social, o Instituto Banco de Alimentos segue suas atividades de vento em popa rumo a grandes êxitos e feitos de solidariedade.

No Estado, o Banco de Alimentos do Amazonas mantem instalações em Manaus, e manterá em Iranduba, Manacapuru, Itacoatiara, Borba, Presidente Figueiredo, Autazes, Rio Preto da Eva, Parintins, Careiro e Codajás. Estão em processo de desenvolvimento outras filiais do Bancos de Alimentos em todo o território estadual amazonense e que seguirão toda a nossa sistemática de trabalho levando alimentos, educação alimentar, informação sobre nutrição, educação ecológica socioambiental e linguístico para comunidades que efetivamente carecem dos nossos trabalhos, atenção e respeito.

________________________________________________

                     

                           Bem vindo ao                                    Banco de Alimentos

Gratos por sua visita, e esperamos que ao navegar aqui você aprecie nossos trabalhos e entenda nossos propósitos beneficentes voltados aos menos favorecidos, e ao mesmo tempo encontre as informações que você procura.

Também, o convidamos a juntar-se à nossa missão de combater a Fome, o Desperdício de Alimentos e a Desnutrição entre as famílias menos favorecidas, auxiliando-nos para que possamos seguir angariando mais ajudas alimentares afim de que essas continuem sendo entregues aos quem por nós têm seus interesses defendidos.

Conheça também nossos projetos de educação ambiental, sustentabilidade e de ensino de línguas estrangeiras com o foco voltado ao turismo ecológico promovendo melhores condições de vida aos nossos semelhantes.

Queremos compartilhar nosso conhecimento e experiência afim de que você possa expandir suas atenções sobre questões relacionadas a Fome, ao Desperdício de Alimentos, a Educação alimentar com sustentabilidade  e ao meio ambiente. Temas tão importantes quanto o "pão nosso de todas as manhãs", sobretudo, poder estimulá-lo a participar de nossas ações humanitárias de solidariedade, tão urgentes!  

 

Raimundo Alegre

 presidente

 

https://www.google.com/analytics/